Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Médica anapolina fará parte da equipe de transição do governo Lula
14/11/2022 19:59 em Anápolis em destaque

A médica cardiologista e intensivista Ludhmila Hajjar aceitou integrar o time da transição do governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na área da saúde. Ela foi convidada pelo vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), e confirmou à CNN que estará no time.

Ludhmila, que em março do ano passado recusou o convite para ser ministra da Saúde de Jair Bolsonaro (PL), vai se juntar aos médicos Miguel Srougi e Roberto Kalil no time de transição do governo.

Há a expectativa de que o anúncio do grupo seja formalizado nesta segunda-feira (14).

A equipe da área deve ser coordenada por quatro ex-ministros da saúde. A ideia é que outros médicos renomados atuem como consultores voluntários.

Entre os nomes que devem ser ouvidos pelo time oficial da transição, também estão o médico Drauzio Varella; a professora titular da USP, Linamara Rizzo Battistella, que atua como colaboradora da Organização Pan-americana de Saúde; o presidente do conselho do Hospital Albert Einstein, Cláudio Lottenberg; o diretor do Hospital do Rim e professor da Unifesp, José Medina Pestana; o diretor da Divisão de Cirurgia Cardiovascular do Incor, Fábio Biscegli Jatene; e o presidente do conselho diretor do Instituto de Radiologia da USP, Giovanni Guido Cerri.

 

COMENTÁRIOS